ABELMOSCHUS
(Hibiscus Abelimoschus. Ambarilla. Pasto Almizclado ou Abelmosco [Quiabo])
Patogenesia feita por L. de Legarreta, de México (1961).

SINTOMAS MENTAIS DE ABELMOSCHUS
* l Medo de animais: insetos, moscas, aranhas, escorpiões, víboras. medos noturnos e obsessão de ser atacado por animais venenosos.

SINTOMAS GERAIS DE ABELMOSCHUS
2 Pior: à noite.

DESEJOS E AVERSÕES DE ABELMOSCHUS
3 Desejo de bebidas e alimentos frios.

SINTOMAS PARTICULARES DE ABELMOSCHUS
4 Pesadez cefálica, como se a cabeça estivesse apertada por um torno.
* 5 Escotoma: manchas diante dos olhos que impedem a visão. Dor desgarrante no olho como produzido por um cravo.
6 Hipoacusia ao descender escadas.
* 7 Rosto pálido; amarelado, com prurido. Tremor ou paralisia dos lábios e da mandíbula. Tétano.
* 8 Excessiva salivação, com sensação de secura na boca. Saliva espessa, pegajosa. Dificuldade para falar.
9 Disfagia. Dor no epigástrio.
10 Dispneia. Sensação de constrição torácica. Dor aguda no tórax.
11 Sensação de constrição precordial. Batimentos cardíacos rápidos, com angústia.
* 12 Tremor, paresia ou paralisia nas extremidades, com edema. Edema em mãos e pernas.
13 Sonolência.
* 14 De Legarreta recomenda uma dose diária de 15 gotas da 3ªX como proteção contra as picadas de mosquitos.

.

Voltar
http://www.csterapias.com.br/index.php/remedio-homeopatico

.

Abelmoschus
Compartilhe este Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *