ACIDO DESOXIRRIBONUCLEICO – (A.D.N.)

 

Para as patogenesias, tem-se utilizado esta substância a partir do exttempo de timo e do denominado leite de pescado, embora os efeitos do produto de síntese são os mesmos. É um constituinte do núcleo celular, onde está unido às Proteínas básicas, e é considerado o portador do código ou caracteres genéticos dos cromossomas ou genes; é uma substância de peso molecular elevado, formada pela união de várias centenas de desoxirribonucleotídeos unidos por ácido fosfórico, em uma dupla cadeia helicoidal, específica para cada indivíduo, e cuja réplica é transmitida hereditariamente. Também é o corretor fisiológico de leucopenias, sobre tudo as produzidas por tratamento radioterápico. M. Jenaer e O. Julian são os autores que têm estudado preferentemente os ácidos nucleicos em sua aplicação homeopática e em suas patogenesias. Jenaer considera que “as indicações clínicas do ácido desoxirribonucleico são as mesmas que as do ácido ribonucleico” e, na prática, prescreve ambos simultaneamente, embora alternando-os.

SINTOMAS MENTAIS DE ACIDO DESOXIRRIBONUCLEICO
** 1 – Dificuldade em reunir suas ideias, dificuldade ou impossibilidade de concentrar-se; perde o fio de seus pensamentos. Não pode fixar a atenção, não pode trabalhar. Pesadez intelectual com dificuldade para decidir, pior de manhã. Sonolência invencível ante todo o esforço intelectual. Estas particularidades mentais têm conduzido a sua aplicação nas oligofrenias em geral, e nos retardos intelectuais das crianças, que se podem obter resultados positivos, e nas dificuldades escolares, com déficit de atenção e alterações da memória. Parece que o tratamento produz uma estimulação das faculdades intelectuais. Assim também, se observa em algumas patogenesias uma melhoria do trabalho intelectual, da faculdade de assimilação e concentração, com grande lucidez, ideias mais claras e maior facilidade para resolver problemas, fazendo o trabalho mental de forma mais agradável e menos cansativo.
** 2 – Marcada agressividade, irritabilidade, irascibilidade, às vezes intempestiva e com desejos de vingança; com mal-estar geral, pior de manhã. Hipersensível.
* 3 – Angústia indefinida, sem causa; à noite; com agitação; com inquietude sem razão; melhor movendo-se. Sensação inabitual de profundo aborrecimento. Depressão ao despertar, nada o satisfaz. Sensação de insegurança. Constante desejo de pigarrear.
* 4 – Tensão psíquica, com necessidade imperiosa de fixar-se em um programa de trabalho. Desejo de trabalhar, exceto ao anoitecer. Necessidade de terminar todo o que foi proposto no dia, porém ponderadamente, sem agitação.
5 – Períodos de desdobramento.

SINTOMAS GERAIS DE ACIDO DESOXIRRIBONUCLEICO
** 6 – A.D.N. tem uma ação de clara estimulação geral, física e psíquica, com sensação marcada de bem-estar geral, menor fadigabilidade e menos rápida, mais dinamismo e despertar muito mais fácil; necessita muito menos de uma sesta. O trabalho lhe parece muito mais fácil. Tono geral com altos e baixos.
** 7 – É um remédio muito importante da senectude, especialmente se é precoce, devido justamente a sua forte estimulação, que chega ao plano físico, mental e, às vezes, a na libido e a nas possibilidades sexuais.
8 – No câncer e em toda perda de substância e alteração de tecidos nobres (hepatite severas, cirroses hepáticas, grandes queimaduras, úlceras atônicas, etc.). No câncer, Jenaer, sobre 27 casos, obtém 5 resultados muito bons e 9 bons; em leucemias, sobre 7 casos, 1 resultado muito bom e 2 bons.
**9 – Lateralidade esquerda.
* 10 – Epilepsia; pequeno mal.
* 11 – Pior: por movimento (exceto na angústia); pelo frio; pelo tabaco; pelo vinho. Melhor: em repouso, deitado na obscuridade; pela água fria.
12 – Hemorragias. Leucopenias, sobre tudo depois de tratamentos citostáticos.

SINTOMAS PARTICULARES DE ACIDO DESOXIRRIBONUCLEICO
* 13 – Cefaleia pulsátil de 15 à 20 horas; ou às 11, logo, em dias posteriores, das 12 ou às 13; ou de 20 à 22. Cefaleia supraorbitária esquerda, pior pelo movimento, melhor deitado com as mãos atrás da cabeça, com pontadas no olho esquerdo, estendida atrás do ouvido esquerdo. Cefaleia direita, melhor pela pressão, obscuridade e vômitos. Cefaleias tão intensas que teme que voltem. Vertigem. Queda de cabelo.
* 14 – Dores periorbitais; supraorbital, pior à esquerda, pela luz, pelo movimento e falando, melhor deitado na obscuridade. Grande fadiga ocular, dificuldade para ver de longe; ou ao contrário, visão muito mais clara e precisa. Vê pontos brilhantes que desaparecem ao fechar os olhos. Conjuntivite pior à esquerda, com pálpebras coladas e visão turva.
15 – Hipersensível ao ruído. Assobios no ouvido esquerdo. Dor na trompa de Eustáquio esquerda.
* 16 – Ulcerações dolorosas na boca, com gosto metálico. As gengivas sangram ao escová-as. Língua branca; boca pastosa com hálito desagradável. Sensação de queimadura na boca. Garganta, com mucosidades espessas; sensação de lasca pela manhã ao despertar e às 18. Sensação de ter a garganta em carne viva, mais à esquerda, melhor ao engolir e por água fria. Garganta vermelha, sem febre. Dor no rinofaríngeo esquerdo.
* 17 – Fome canina entre as refições. Gastralgias com distensão gástrica. Digestão difícil com ardores no esôfago e estômago. Dores no ventre; flatulência e borborigmos. Acessos de colite. Diarreia: com cólicas; por angústia; pelo menor movimento. Tendência à constipação, com fezes duras e escuras. Tendência à diarreia pósprandial. Eczema perianal, com ardor e secreção.
18 – Urina mais facilmente, sem dificuldade; mais depois de comer. Urina escura e de odor forte. Transtornos prostáticos.
** 19 – A substância experimentada produz, em geral, melhoria da libido e da potência sexual no homem.
20 – Menstruações atrasadas; se interrompem e voltam a aparecer.
21 – Queda da tensão arterial com taquicardia e depressão.
22 – Rigidez da nuca à esquerda, estendida aos braços. Dolorido nas costas e nuca.
* 23 – Dor no ombro esquerdo, pior pelo movimento e pela umidade ou pelo frio úmido, ou elevando o braço para frente, atrás ou para cima. Dor do braço, pior pela pressão. Dores ósseas difusas nos ossos largos. Mãos e dedos rígidos ao despertar. Dor no polegar direito. Dor aguda do joelho esquerdo. Cãibras noturnas nas panturrilhas. Mampla branca no indicador esquerdo. Desaparecimento das rangeduras no joelho. Reumatismos crônicos. Artrose. Transtornos do equilíbrio.
* 24 – Sonhos eróticos em ambos sexos. Sono agitado com sonhos angustiosos e temor. Desperta-se muito facilmente. Sonho ligeiro, ou mais profundo e curto. Insônia, se desperta muito cedo.
* 25 – Sensação de frio ou calafrios nas costas, entre os ombros, depois de comer, com sensação de calor no rosto, desaparecendo ao mover-se.
* 26 – Foliculite nas nádegas. Reaparecimento de eczemas antigos, e no ânus. Pontos pruriginosos em todo o corpo. Prurido palmar e plantar. Herpes no lábio inferior. Sensação de molhado no pescoço, à direita, ao despertar. Peladeiras. Psoríase. Úlceras atônicas.

.

Voltar
http://www.csterapias.com.br/index.php/remedio-homeopatico

.

ACIDO DESOXIRRIBONUCLEICO
Compartilhe este Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *