ACONITINUM
(Aconitina)

 

SINTOMAS MENTAIS DE ACONITINUM
1 – Angústia, medo de morrer.
2 – Aturdimento, não pode pensar muito, atenção diminuída. Sente como se estivesse dormindo ou sonhando. Esquecido.

SINTOMAS GERAIS DE ACONITINUM
** 3 – Os transtornos ou sintomas aparecem com grande rapidez e com extrema intensidade e, se se recupera, faz-se também em forma rápida e completa.
** 4 – Os sintomas frequentemente vão de baixo para cima: sensação de cócegas ou picadas que corre pela perna a cima, pela coluna até à cabeça; sensação de frio gelado que sobe des dos pés.
** 5 – Adormecimento, cócegas, picada e calor.
** 6 – Sacudidas e espasmos em todo o corpo, em especial no rosto. Contrações tônicas começando nos dedos e tétano facial, seguidas de convulsões generalizadas.
** 7 – Sente grande peso em todo o corpo, como se as partes afetadas estivessem cheias de chumbo (exceto a cabeça e o estômago).
** 8 – Pior: pelo menor esforço; por esforços mentais; por agitar-se; pelo tato.
Melhor: por vômitos.
* 9 – Os sentidos estão diminuídos ou abolidos, especialmente vista, ouvido e olfato.
10 – Debilidade, prostração muscular, relaxamento.

SINTOMAS PARTICULARES DE ACONITINUM
11 – Vertigem e confusão, com timbres nos ouvidos; cai em seguida; visão escurecida. Plenitude e grande peso na cabeça, não pode sustentá-a. Hemicrania, às vezes com vômitos.
12 – Sensação de cansaço ocular. Midríase. Cegueira completa com midríase. Arreflexia pupilar.
13 – Pressão nos ouvidos. Ouve rugidos (à 3a. D [Boericke]). Surdez completa.
* 14 – Plenitude no rosto, alternando com tensão dolorosa, formigamento e picadas. Espasmos, estiramentos e pressão no rosto, no trajeto do trigêmio, alternando com dor progressivamente crescente. Dor no nervo supraorbital. Dores faciais com vômitos.
15 – Ardor nos lábios e ponta da língua. Ardor, constrição e secura na boca e faces. Língua rígida. Gosto muito amargo ou diminuído ou ausente.
* 16 – Constrição e ardor desde a boca ao estômago. Cada vontade de engolir é seguido de espasmos como de hidrofobia, porém não aparecem ao ver água. Disfagia com dor na nuca e região parotídea; deve pressionar a nuca ao comer. Ardor na garganta, como se tivesse uma brasa ardente ali.
* 17 – Arrotos. Vômitos cada 2 ou 3 minutos, precedidos de uma sacudida ou contração brusca e ruidosa dos músculos abdominais. Calor no epigástrio. Náuseas estando erguido.
18 – Borborigmos. Hipertrofia de fígado e baço. Brusca contração do diafragma.
19 – Disúria. Poliúria. Poluções noturnas.
20 – Dispneia. Respiração suspirosa, com suspiros.
21 – Opressão angustiosa precordial (Aperto agonizante no peito). Os sons cardíacos são ouvidos na ponta. Pulso: rápido ou lento, pequeno, débil, intermitente.
* 22 – Debilidade, tremores, ardor, cócegas, formigamento e adormecimento nos membros.
23 – Sonolência. Sono inquieto; dá muitas voltas.
24 – A superfície do corpo está fria, suada e pálida. Cabeça e rosto repentinamente quentes, com o calor estendendo-se ao resto do corpo (mais no epigástrio), com suores.

.

Voltar
http://www.csterapias.com.br/index.php/remedio-homeopatico
.

http://www.csterapias.com.br/index.php/cursos

ACONITINUM
Compartilhe este Artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *